error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe

EDP alerta para acidentes com pipas nas férias escolares


Com a chegada das férias escolares, nota-se um aumento da prática de soltar pipas, atividade divertida, mas que pode ser perigosa quando realizada próximo à rede elétrica. A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, alerta para os cuidados necessários para evitar acidentes e prejuízos com a interrupção no fornecimento de energia.

Somente no primeiro semestre deste ano, na Região Norte, mais de 2 mil unidades consumidoras, como residências, comércios e indústrias, sofreram com interrupção dessa natureza. Foram registradas 18 ocorrências durante o período.

O monitoramento da Distribuidora indica que o município mais impactado, com a interrupção do fornecimento de energia por motivo de pipas na rede elétrica, foi Linhares, com 1.172 unidades consumidoras afetadas. Seguido Aracruz, onde 476 clientes tiveram o serviço interrompido, e São Mateus, com 377.

“O transtorno provocado por uma pipa que atinge a fiação é muito grande, podendo deixar hospitais, escolas, residências e empresas sem energia. Além disso, há o risco de ferimentos graves e até de morte para quem pratica esta brincadeira sem o cuidado com a segurança”, destaca o gestor da EDP, Filipe Lima.

Tecnologia

Em muitos casos, a tecnologia do Centro de Operações Integrado (COI) da EDP ajuda a reduzir o impacto aos clientes por meio de manobras automatizadas no sistema de distribuição de energia. Localizado em Carapina, na Serra, a distribuidora realiza o monitoramento 24 horas da rede elétrica, linhas de transmissão e as suas subestações de energia.

Quando detectada alguma anormalidade, por meio do Centro de Operação é possível realizar o atendimento por meio de transferência automática da carga ao isolar o ponto de falha na distribuição ou, quando necessário, realizar o contato direto com as equipes de campo para reparo in loco.  Ou seja, a tecnologia permite que o sistema isole automaticamente o trecho defeituoso e realize uma autoconfiguração para que não haja interrupção de energia no cliente ou para a região abastecida pela rede em questão.

Segurança

As linhas de pipas – com ou sem cerol ou produtos cortantes – causam desligamentos ao romper os cabos de energia e podem provocar curtos-circuitos ao ficarem presas na fiação. Além de causar acidentes com quem está soltando a pipa e a população ao entorno. No período de férias escolares, no qual há maior incidência desse tipo de ocorrência, a EDP intensifica o alerta e dá dicas de segurança:

  • Risco de choque: pipas que entram em contato com os fios elétricos podem causar choques graves e até acidentes fatais.

  • Desligamento de energia: o contato da pipa com a rede elétrica pode provocar interrupções no fornecimento de energia, afetando a comunidade.

  • Nunca use linhas com cerol: o “cerol” e a “linha chilena” são proibidos e aumenta o risco de acidentes. Ao cortar a camada protetora da fiação, a linha interrompe a transferência de corrente elétrica, podendo provocar curto-circuito;

  • Escolha locais adequados: solte pipas em espaços abertos, longe de postes e cabos elétricos, como parques e campos.

  • Evite vias movimentadas: empinar pipas perto de vias de grande circulação de veículos pode ser perigoso para quem está brincando e para terceiros, pois a linha da pipa pode ferir ciclistas e motociclistas, além do risco de atropelamento.

  • Evite resgatar pipas presas: se a pipa ficar presa nos fios, não tente soltá-la. Nunca use varas nem suba em postes, muros ou lajes para tirar uma pipa. Somente técnicos da Distribuidora são treinados para manusear a rede.

  • Supervisão de adultos: crianças devem ser sempre supervisionadas por adultos enquanto brincam.

Em caso de ocorrências relacionados a rede elétrica, nunca se aproxime do local. Entre em contato imediatamente com a EDP pelos canais: Aplicativo EDP Online, WhatsApp (27) 99772-2549, Agência Presencial de Atendimento ou Central de Atendimento: 0800 721 0707.

Confira o balanço das cidades mais afetadas no primeiro semestre 


error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe