Gilmar Mendes diz que Dallagnol já pode fundar igreja com “chuva de pix” após cassação


O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, afirmou no sábado 15 que o ex-deputado federal Deltan Dallagnol |(Podemos-PR) já pode “abrir uma igreja com a chuva de pix” que recebeu após ter seu mandato cassado. As declarações ocorreram durante um evento do grupo Prerrogativas em homenagem a Sepúlveva Pertence, ex-ministro do Supremo que faleceu em 2 de julho. O grupo, composto opor advogados e juristas foi criado para atuar contra decisões da Lava Jato que fossem consideradas “arbitrárias”.

gilmar

“Esses dias eu vi o Dallagnol dizendo que quando saiu da Câmara e estava no avião, começaram a chover Pix. É o novo contato com a espiritualidade, a do dinheiro. Certamente ele já pode fundar uma igreja”, disse o magistrado em referência a um vídeo publicado por Deltan à época em que foi cassado.

O ministro do STF também afirmou que houve uma “degeneração” do Ministério Público Federal com a Lava Jato e teceu críticas ao senador Sergio Moro. “O modelo Moro-Dallagnol deu errado. Vamos organizar uma fuga para frente, vamos salvar o Judiciário desse grande escândalo”, afirmou. Mendes também pontuou que o MP continua a ser uma instituição de extrema relevância e que o combate à corrupção no Brasil continua fundamental.

Fonte: Cartacapital