Ginastas capixabas ganham medalhas e são destaques no Pan-Americano 2023

Capixabas conquistaram nove medalhas no Campeonato Pan-Americano de ginástica rítmica. Foto/Governo do ES

 

Contempladas pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), Déborah Medrado, Geovanna Santos e Sofia Madeira foram os destaques capixabas no Campeonato Pan-Americano de ginástica rítmica, realizado nesse fim de semana, em Guadalajara, no México. Ao todo, as capixabas conquistaram nove medalhas e o Brasil ficou em primeiro lugar geral na disputa de conjuntos.

No individual, Geovanna Santos foi a ginasta que mais conquistou medalhas na competição, trazendo para casa dois ouros, três pratas e um bronze. No individual geral, ela terminou com 123.950 pontos, ficando atrás apenas da brasileira Bárbara Domingos (127.950).

Com as ginastas Déborah Medrado e Sofia Madeira, a seleção brasileira de conjunto também conquistou três medalhas de ouro e o Brasil ficou com a melhor colocação no geral adulto e nas finais das séries simples e mistas.

Geovanna Santos, que já coleciona títulos internacionais, começou a carreira na modalidade por meio do projeto Campeões de Futuro, também da Sesport, que oferece esporte gratuito para crianças e adolescentes em todos os 78 municípios do Estado.

 

Bolsa Atleta

O programa Bolsa Atleta tem como objetivo principal beneficiar atletas e paratletas de alto rendimento, com o auxílio financeiro mensal que deve ser utilizado para a manutenção dos resultados obtidos e da carreira esportiva do atleta no ano de recebimento do benefício.

O edital de 2022 é o maior da história e contempla 191 atletas e paratletas, 40 a mais que no último. O benefício mensal é repassado aos contemplados da seguinte forma: R$ 500 (categoria estudantil), R$ 1.500 (categoria nacional), R$ 2 mil (categoria internacional) e R$ 4 mil (categoria olímpica). O investimento total do Governo do Estado no programa é de R$ 3 milhões.