er

Governo do Estado investe mais de R$ 38 milhões em ampliação do Samu 192 e garante 100% de cobertura populacional do serviço

Postado em 21 de dezembro de 2022


Governo do Estado investe mais de R$ 38 milhões em ampliação do Samu 192 e garante 100% de cobertura populacional do serviço 1

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) tem como seu principal pilar a assistência pré-hospitalar de qualidade e precoce à população. Com investimento de R$ 38.160.838,00, o Governo do Espírito Santo garante atualmente cobertura do serviço para 100% dos capixabas. O Estado conta com 112 ambulâncias distribuídas de norte a sul, sendo 31 de suporte básico e 21 avançado, além de 1.300 profissionais atuantes. Nos últimos três anos e meio, o serviço foi implantado em 62 novas cidades.

A expansão faz parte do programa “Samu para Todos”, regulamentado pela Portaria N° 229-R da Secretaria da Saúde (Sesa), que rege a transferência de recursos financeiros para a Rede de Saúde dos municípios.

De acordo com o subsecretário de Regulação do Acesso em Saúde, Gleikson Barbosa dos Santos, o Estado é o único do Brasil com base do Samu em todos os municípios, garantindo maior qualidade de vida e segurança à população.

“Durante o ano de 2022 conseguimos concretizar a cobertura do serviço em todas as regiões do Estado, sendo o Espírito Santo o único do País com uma base por município. Era um grande desejo e proposta do Governo. Com isso é possível proporcionar mais qualidade de vida e segurança para todos, garantindo uma resposta mais rápida nos atendimentos”, ressaltou.

E o cuidado e a importância do trabalho prestado pelos profissionais têm o reconhecimento da população. Hedilene Aparecida Areas, moradora do distrito de Piaçu, em Muniz Freire, nutre verdadeiro sentimento de gratidão pelo Samu 192, desde que foi atendida pela equipe da base descentralizada do município, em outubro de 2021.

“Lembro vagamente dos socorristas me tirando carinhosamente e com muita atenção do chão, passando pelo corredor e pelas rampas naquela maca. Minha pupila estava dilatada, e eu estava totalmente desorientada e me encaminharam para um hospital da região. A equipe do Samu só saiu do meu lado quando tiveram certeza que, na medida do possível, estava bem e acompanhada dos familiares. Dias depois fiz um agradecimento nas redes sociais e posteriormente liguei para Regina e Wanderson – responsáveis pelo socorro – e reforcei a minha gratidão. Temos anjos em forma de socorristas”, relatou.

Confira o serviço nas quatro regiões capixabas.

 

Região Metropolitana

Composta por 23 municípios, a Região Metropolitana de Saúde registrou, entre janeiro e os primeiros dez dias de dezembro de 2022, mais de 134 mil chamados regulados. Nos últimos quatro anos foram 506.328 notificações, sendo os principais atendimentos os clínicos, acidentes e psiquiátricos.

Para garantir atendimento rápido e preciso à população, o serviço conta com mais de 730 profissionais de diferentes áreas. Atualmente, a região dispõe de 42 ambulâncias, sendo 12 do tipo Unidade de Suporte Avançado à Vida (USA) e 30 de Suporte Básica à Vida (USB), distribuídas em 34 bases.

Entre os anos de 2020 e 2021, a atividade foi implantada em sete cidades e chegou a 100% de cobertura populacional. Foram elas: Santa Leopoldina, Ibatiba, Conceição do Castelo, Laranja da Terra, Aracruz, João Neiva e Ibiraçu. Também foram inauguradas neste período 10 bases descentralizadoras.

Com relação ao investimento, o Governo do Estado repassa anualmente, por meio de convênio com a Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Vitória, mais de R$ 86 milhões utilizados para manutenção do serviço nesse território.

Já aos consórcios CIM Polinorte e CIM Sul, que cobrem os municípios de Aracruz; Ibiraçu, João Neiva e Itarana – e também fazem parte da Região Metropolitana, são repassados mensalmente mais de R$ 195 mil.

 

Região Sul

Os 26 municípios do sul do Estado contam, cada um, com uma base descentralizada do Samu 192. A expansão do serviço resultou na ampliação do quantitativo de atendimentos anuais. Somente em 2022, entre o mês de janeiro e o último dia 10 de dezembro, a região contabilizou 32.087 atendimentos.

Ao longo desse período, os três principais tipos de chamados foram, respectivamente: clínico, causas externas e psiquiátrico.

Outro dado importante refere-se à frota de transporte de pacientes. Ao todo, são 28 ambulâncias de Suporte Básico à Vida (USB) e seis ambulâncias de Unidade de Suporte Avançado.

 

Região Central/Norte

Todos os 29 municípios que compõem a região de saúde Central/Norte já estão contemplados com as bases descentralizadas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência SAMU 192. Ao todo, 433 profissionais entre enfermeiros, técnicos, condutores socorristas e médicos fazem parte da equipe para atender à população em situações de risco à vida.

A assistência na região Central/Norte dispõe atualmente de 44 ambulâncias, divididas entre Unidade de Suporte Avançado à Vida (USA) e de Suporte Básica à Vida (USB), distribuídas em 37 bases.

Neste ano de 2022, até o décimo dia de dezembro, foram registrados 35.745 atendimentos na região, tendo os principais chamados classificados como: clínico, causas externas e psiquiátrico.

 

Nova Central de Regulação do Samu

Inaugurada oficialmente em maio de 2021, a nova Central de Regulação do SAMU 192 está instalada na Serra, região Metropolitana do Estado, e conta com uma estrutura física de aproximadamente 14.000 metros quadrados. O local dispõe de sala de simulação para treinamentos da equipe, auditório, área exclusiva para lavagem interna e externa da frota e Central de Materiais Esterilizados (CME).

Foram investidos R$ R$ 1.415.772,00 em aquisições de bens patrimoniais e realização de obras de adequação da estrutura física. Já para a manutenção do serviço no novo espaço, são destinados anualmente R$ 840 mil.

Com a ampliação da Central, são regulados mensalmente uma média de 18 mil chamados de todos os municípios capixabas, enquanto em 2019 eram registrados 10.500 chamados.


Deixe sua Opinião:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe