error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe

Linha de crédito com condições especiais está disponível para juventude capixaba


 

Linha de crédito com condições especiais está disponível para juventude capixaba 1

A juventude que frequenta os 14 Centros de Referência das Juventudes (CRJs) tem acesso a atividades que desenvolvem o empreendedorismo, por meio de oficinas, com o objetivo de possibilitar a geração de renda. Nesse caso, uma das principais dificuldades é a falta de recursos para a aquisição de insumos.

Pensando nisso, a Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), por meio da Subsecretaria de Políticas para Juventude, em parceria com a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes) e o Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), desenvolveu uma linha de crédito direcionada à juventude, o Crédito Juventude Empreendedora.

“Nossa intenção é possibilitar que a juventude capixaba tenha condições especiais para poder acessar uma linha de crédito e, com isso, investir na compra de materiais e equipamentos que possibilitem gerar renda com o trabalho”, destaca a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo.

Para ter acesso à linha de crédito, o interessado deve ser maior de 18 anos e comprovar que está habilitado para exercer a atividade na qual busca o recurso para investir. O limite de crédito é de R$ 5 mil. O prazo de pagamento é de até 30 meses, taxa de juros de 1,29% ao mês, com seis meses de carência, e é necessário ter um avalista.

“Com a Aderes e o Banestes, construímos estas regras buscando sanar uma dificuldade detectada em nossos CRJs junto aos jovens que participam de oficinas e cursos profissionalizantes: eles não têm recurso para adquiri uma máquina de corte de cabelo, por exemplo, o que, de imediato, possibilita a geração de renda”, comenta o subsecretário de Estado de Políticas para Juventude, Jiberlândio Miranda.

Acesso

Até o início deste ano, jovens residentes nos municípios de Colatina, Mimoso do Sul, Cachoeiro de Itapemirim, Venda Nova do Imigrante e Domingos Martins tiveram acesso ao recurso. Um exemplo é a jovem Vitória Gonçalves Kruger, de 27 anos, que pegou o crédito para compra de estoque de roupas que ela comercializa em uma pequena loja montada na casa dela, localizada no município de Colatina.

As informações sobre como acessar a linha de crédito estão disponíveis no site https://juventudes.es.gov.br/nossocredito-juventude-empreendedora

Na página, também há o link da listagem dos agentes de crédito do Estado que farão o atendimento aos interessados: https://aderes.es.gov.br/contato-dos-agentes-de-credito.


error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe