Vice-governadora participa do evento de adesão ao Agenda Mulher em Baixo Guandu

Postado em 23 de agosto de 2021


Vice-governadora participa do evento de adesão ao Agenda Mulher em Baixo Guandu 1
Evento em Baixo Guandu contou com a presença da vice-governadora Jaqueline Moraes.

 

A vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, esteve em Baixo Guandu, na última sexta-feira (20), e participou de um evento organizado pela Associação das Câmaras Municipais de Vereadores do Espírito Santo (Ascamves), em alusão ao “Agosto Lilás”, o mês de conscientização pelo fim da violência contra as mulheres. Também na solenidade, a Prefeitura de Baixo Guandu assinou o termo de adesão ao Programa Agenda Mulher, desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Vice-Governadoria.

Nessa primeira etapa, o Agenda Mulher Itinerante oferece 340 vagas nos cursos do Qualificar ES Mulher, em parceria com a Secretaria de Inovação e Desenvolvimento (Sectides) e o Programa Ela Pode, realizado pelo Instituto Rede Mulher Empreendedora, que tem o apoio do Google.

O evento aconteceu na Câmara Municipal de Baixo Guandu e contou com a participação do prefeito Lastenio Cardoso; do presidente da Associação das Câmaras Municipais de Vereadores do Espírito Santos, Juscelino Brzesky, além de vereadores e mulheres da comunidade. A ação contou com palestras e entregas de brindes.

A vice-governadora Jacqueline Moraes ressaltou a importância de estar em Baixo Guandu reunida com mulheres para falar sobre o combate à violência contra as mulheres: “uma luta de todas e todos. Está sendo um dia muito produtivo e de muito aprendizado com as mulheres. Nós precisamos construir um mundo sem desigualdade, com respeito e tolerância. Precisamos construir uma nova relação de igualdade e justiça para o novo homem e nova mulher na nossa sociedade.”

Jacqueline Moraes destacou ainda o investimento do Governo do Estado em políticas públicas, com múltiplas ações de enfrentamento à violência contra mulher, em diversas secretarias. “Na área da segurança, temos a Patrulha Maria da Penha e o projeto Homem que é Homem. Ainda temos as delegacias especializadas de atendimento à mulher e o aplicativo SOS Marias. Na Secretaria de Direitos Humanos, temos que destacar que o governador Renato Casagrande criou o Plano Estadual de Políticas para as Mulheres e o Pacto Estadual pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, documentos importantes para a defesa dos direitos das mulheres, além de vários municípios que já estão atuando junto com o Governo do Estado nesse enfrentamento”, ressaltou.

Em seguida, Jacqueline Moraes especificou as ações do programa Agenda Mulher, voltado para o empreendedorismo e o empoderamento feminino e reforçou a chegada do programa, em Baixo Guandu, com capacitações exclusivas. Ela acrescentou sobre a importância do Agenda Mulher, que busca garantir condições mais igualitárias para as mulheres na sociedade. “Esse nosso trabalho visa a garantir que, além de reafirmar a posição da mulher como essencial para a sociedade em todos os seus âmbitos, que ela possa aplicar o que aprendeu sobre o empreendedorismo feminino, como primeiro passo para que mais e mais mulheres se dediquem a essa atividade e transformem não só a sua realidade, mas também a de muitas pessoas ao seu redor”, disse.

A vice-governadora destacou como é importante os diálogos em torno do tema de defesa da mulher. “Não é só em agosto que devemos discutir sobre a violência feminina, que vai desde a agressão psicológica até o feminicídio. Agosto é um mês simbólico, ainda mais quando a Lei Maria da Penha completa 15 anos, e aqui estamos reafirmando nossas conquistas, mas precisamos estar sempre alertas, pois ainda precisamos evoluir muito mais. A violência doméstica não é um problema somente para nós, mulheres, em quatro paredes. É uma questão social e, em briga de marido e mulher, nós devemos meter a colher, sim, e defender a nossa vizinha, nossa cunhada, nossa parente”, frisou.

 


Deixe sua Opinião:

Loading...
error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe